QUEM SOMOS

Agradecemos de todo coração ao Ricardo Tedeschi e à Viv Viv que conhecemos através do site ATADOS, e redesenharam todo o site sosgatinhos com muito talento e carinho.

 

A HISTÓRIA DO SOSGATINHOS
Nós do @SosGatinhos.SP trabalhamos desde 2001 salvando vidas felinas, fazendo resgate, cuidados, castrações, vacinas  e procurando bons lares para os gatos abandonados. 

Queremos que os nossos gatos encontrem um lar o mais rápido possível. E que a passagem deles pelo S.O.S.Gatinhos seja a mais agradável possível, para esquecerem a vida ruim que tiveram na rua. Seremos sempre uma casa para eles e talvez a unica que alguns irão conhecer. Muitos jamais serão adotados. Temos gatinhos no abrigo há até 17 anos. Ou por que são tímidos ou assustados e não gostam de colo. Ou são pretos, frajolas e vaquinhas, escaminhas, que as pessoas não querem adotar quando crescem.

Temos o cuidado de acolher até 85 gatos de cada vez para evitar superlotação e cuidar de cada gatinho com carinho, sol, brinquedinhos e ração de qualidade. Nunca foi nossa intenção ter 100, 200, 300 gatinhos. Crescer faz a gente se distanciar do propósito original, se perder no caminho ou mudar de rumo. A gente sabe que não pode mudar o mundo. Mudamos, sim, o mundo de cada bichinho salvo e de cada familia que os adota com amor. Até hoje conseguimos novos lares para 2900 gatinhos.

As despesas são muitas: cuidados veterinários, castrações, alimentação, higiene dos gatos salario da funcionária, aluguel e manutenção do abrigo.

E COMO NÓS CONSEGUIMOS FAZER ESSE TRABALHO?

 Com a ajuda de voluntários, Somos uma equipe bem pequena com recursos limitados. doações, arrecadamento de rifas e bazares, e claro, muitas vezes com dinheiro do nosso próprio bolso.
Precisamos sempre de ajuda! Sobrou uma graninha e quer ajudar a gente?

Se quiser nos conhecer ao vivo, vem se apaixonar! Agenda uma visita:
sosgatinhos@gmail.com. Sempre aos sabados, entre 14 e 17 horas.

UM POUCO

DE HISTORIA

O site sosgatinhos foi lançado em 2001, em São Paulo, inicialmente para ajudar na divulgação dos gatos abandonados nos jardins de um grande hospital, no centro da cidade. O sucesso foi enorme e passamos a divulgar mais felinos. O abrigo começou a ter estrutura em 2005, quando alugamos uma casa espaçosa no Alto da Mooca.

Temos um time pequeno de voluntários super do bem. Nós, da SOS Gatinhos, somamos uma grande vontade de acolher nossos peludos e encaminhá-los para uma vida repleta de amor e segurança. Nestes 18 anos de atividades, foram centenas de gatos que estiveram sob nossos cuidados – algo que fazemos com alegria. Afinal, nada é mais compensador do que levar dignidade à vida de um bichinho. Ao mesmo tempo, é uma batalha diária, que jamais ganharíamos se não fosse o empenho de muita gente bacana envolvida. A você que doa seu trabalho e energia pela causa dos gatinhos, toda nossa gratidão.

Quem é esta que vos escreve

Meu nome é Leila Barbosa, sou carioca, moro em São Paulo desde 2000. No Rio, morava no Leblon e trabalhava no centro, no jornal O Globo. Todo dia passava pelo Museu Carmem Miranda, tinha um monte de gatos soltos no parque, acreditava que eram livres e felizes. Um dia fui ver de perto. E conheci a vida dura dos gatos abandonados na cidade. Passei a ir lá sempre e entrei no universo que mudou minha vida. Dedico o que faço aos gatos que um dia viveram no Parque do Museu Carmem Miranda e na pista Claudio Coutinho, todos assassinados pela estupidez humana. Sim, é mais fácil "cuidar deles lá no parque". Mas e quando você chega e aquele bichinho, o mais manso e carinhoso, sumiu? Como saber o que aconteceu? Não podemos salvar todos mas a gente tenta até onde der.